As matérias-primas são importantes para o resultado final do processo de usinagem de peças, seja de metal ou de outro material. Apesar de ser um ofício calcado em grande parte no conhecimento prático da operação, é preciso ter uma visão ampla. Não basta apenas saber como usinar uma peça, entendendo suas medidas. O operador deve saber também sobre os insumos utilizados impactam diretamente na qualidade da peça produzida, seja no aspecto visual, como nas propriedades mecânicas, físicas e químicas.

Há diversos tipos de matérias-primas com um grande índice de usinabilidade, como por exemplo, plásticos. Entre eles estão:

 

Metais Ferrosos: São aqueles que possuem o elemento Ferro em sua composição química, sendo o principal da liga metálica. Destacam-se, o ferro fundido, aço, aço carbono, aço inoxidável. Utilizados geralmente em usinagens gerais e destinadas a quase todos os setores, isto porque a resistência das peças costuma ser maior.

 

Metais Não-Ferrosos: São ligas que não possuem o elemento Ferro. São metais que possuem resistência à corrosão, além de não serem magnéticos, o que os torna ideias para aplicações elétricas. Entre os principais, são alumínio, bronze, cobre, estanho, chumbo, zinco e o latão.